HTML5

O Chrome sofrerá uma atualização gradual começando em setembro/2015 onde conteúdos em Flash não prioritários e/ou que não estejam no centro das páginas permanecerão pausados até que o usuário ative-os com um clique (documentação do google). O Chrome representa mais de 50% do trafégo na web e e mais de 70% no UOL, alé disso outros browsers como o Safari e Firefox já possuem recursos similares

Os principais motivos são:




Boas práticas

Com o objetivo de diminuir problemas de implementação e veiculação disponibilizamos algumas especificações e boas práticas para o uso de HTML5:

O banner HTML5 deve ter todas suas referências externas como relativas. É importante lembrar que o anúncio será veiculado em páginas mais complexas e com diversos elementos, portanto é fundamental que o funcionamento do banner seja compatível com o SafeFrame do DFP.

Não utilizar as boas práticas descritas neste documento pode impactar negativamente o funcionamento do anúncio e da página. Além de prejudicar a experiência do usuário. A construção da peça não pode depender de qualquer outro elemento da página ou bibliotecas javascript externas. Fontes, CSS, JS, HTML e imagens devem ser enviadas no pacote da peça.

Sugerimos para a criação e conversão - de peças publicitárias em HTML5 - as opções abaixo:

Peso máximo dos anúncios

clickTag

Backup

Scripts

Imagens

Fontes

CSS

Vídeo

Para o uso de vídeo, recomendamos o uso do player do Youtube embedado. Além disso com algumas restrições abaixo:

Browsers Suportados